A psicologia de uma business woman

Contemporâneo / Moda
A psicologia de uma business woman

Formada em psicologia, Felícia Pretto nunca imaginou que um dia teria sua própria marca de roupa. Atuou ativamente 15 anos como psicóloga, proprietária de clinica, realizando avaliações psicológicas e também deu aulas na área. Porém com a chegada da maternidade, de seus 40 anos e longo processo psicoterapico ela ressignificou sua vida e descobriu uma habilidade que até então desconhecia.

Formada em psicologia, Felícia Pretto nunca imaginou que um dia teria sua própria marca de roupa. Atuou ativamente 15 anos como psicóloga, proprietária de clínica, realizando avaliações psicológicas e também deu aulas na área. Porém com a chegada da maternidade, de seus 40 anos e longo processo psicoterápico ela ressignificou sua vida e descobriu uma habilidade que até então desconhecia.

“Nesta época, durante uma viagem de surf do meu marido fui para a casa dos meus pais com as crianças no interior de Santa Catarina. E lá, uma amiga, me questionou: – Você gosta tanto de fazer roupas, tem ideias legais,  porque você não investe na curitibana que é uma mulher sofisticada? Neste momento tive um “click” e pensei, será?!  Pois com oito anos eu já criava modelos de roupa e pedia a uma costureira para confeccioná-las.”

Foi em maio de 2017, que Felícia com seu espírito empreendedor começou a estudar e planejar a melhor maneira de dar o start ao seu novo modelo de trabalho, e  nesta análise do mercado se configurou a idéia de ter uma marca de roupas de couro, ou melhor,  desenvolver produtos de qualidade que remetam a longevidade. Rápida e criativa desde menina, em dezembro do mesmo ano, já tinha identidade da marca formatada e as primeiras peças piloto (criadas pela própria  Felícia Pretto Tommasi)  para a produção da primeira campanha da marca  – Coleção Eterna Inverno /18. “Eu sempre estive a frente da direção criativa. Desenho todos as peças sempre pensando na versatilidade e conforto do estilo de vida da mulher FP, que é a mulher atual, que dá conta de muitas funções ao mesmo tempo e precisa estar elegante em qualquer ocasião .”

A plataforma do Instagram foi uma motivação  para comercializar online a nível nacional, mas quem abraçou a label foram as curitibanas, que ativaram as  vendas de maneira surpreendente. Como  o sucesso de vendas foi muito rápido, Felícia teve que estruturar sua equipe, seu escritório, showroom e profissionalizar ainda mais o time FP. “Foi neste momento que entendemos a verdadeira alma da marca: ter uma modelagem incrível, com primor pela qualidade e versatilidade do que produzimos”.

Hoje, a brand tem sua sede em Curitiba. Possui e-commerce e muitos seguidores no Instagram, estes  conquistados de forma orgânica. Em dois anos a marca teve muitas conquistas “Acredito que  a maior delas é passar por várias regiões do Brasil, realizando eventos de prospecção da marca, e ter Feedback de aceitação imediata. Isto é muito significativo. As mulheres se identificam e entendem a conceito da marca”.

Desta forma Felícia Pretto, desenvolveu sua história, marcada por mudanças, iniciativa e coragem.

“ É lindo me ver trabalhando com “comportamento” mas em outra esfera. Isso nunca passou pela minha cabeça, mas hoje, entendo que trabalhar com moda é trabalhar com comportamento de forma direta.  O negócio da moda, como um todo, é fascinante e envolve muita psicologia, o olhar e a escuta sobre o outro, sobre o que está acontecendo no mundo, as diferenças regionais e culturais, trazem muito conteúdo para o desenvolvimento das coleções e a forma com as pessoas expressam”.

VEJA TAMBÉM

Whatsapp